CIRURGIA DO QUADRIL E JOELHO | Dr. Marcelo GarzellaDr. Marcelo Garzella
 

CIRURGIA DO QUADRIL E JOELHO

CIRURGIA DE JOELHO

Ao decorrer do ano, houve um aumento de pessoas que procuram realizar atividades físicas regularmente com o objetivo de melhorar a saúde ou simplesmente por recreação, e devido a isso o número de indivíduos que sofrem com lesões e articulações nos joelhos também cresceu.

Porém, existem outras causas para as dores nos joelhos, como os acidentes de natureza (quedas, ocorrência automobilística, etc). Há diversos casos para as lesões nos joelhos, e para resolver muitas delas, existem técnicas cirúrgicas eficazes que permitem ao paciente voltar às suas atividades cotidianas

Os principais elementos que ficam lesionados na região do joelho são: cartilagem, ligamentos e o menisco.


CIRURGIA DO QUADRIL

Quando o quadril passa por um processo degenerativo, suas características iniciais são perdidas gradativamente e, por isso, em muitos casos crônicos pode ser necessária a realização de procedimentos cirúrgicos para recuperar a região.

Os processos degenerativos, normalmente, estão relacionados a enfermidades inflamatórias crônicas ou o desgaste mecânico que tendem a provocar o comprometimento da função articular em diferentes graus. Iniciam-se com dores, muitas vezes irradiadas para outros membros. Ocorre uma limitação funcional com a dificuldade de realização dos movimentos normais de rotação e extensão do quadril. Por fim, a região é acometida por uma rigidez articular, evidenciando uma degeneração mais avançada com a destruição das cartilagens.  Nesta fase, o paciente não sente os sintomas de forma esporádica, as crises se tornam bastante frequentes.

 

DECIDINDO SOBRE A CIRURGIA

Deverá discutir com seu médico alguns critérios importantes para a indicação cirúrgica como a sua idade, seu grau de atividade física(a exigência ao seu joelho), a presença ou não dos falseios e as expectativas realísticas sobre a cirurgia.

ENTENDENDO A CIRURGIA

No momento que se chega a um diagnóstico de lesão do LCA, e se tomando a decisão de que deve ser operado, o paciente precisará entender alguns pontos importantes: será necessário a obtenção de algum enxerto para reconstruir o LCA; este tecido transplantado necessita de um tempo(obrigatório) para se reintegrar; A presença de lesão meniscal(ou outra estrutura importante) piora o prognóstico da doença; o principal objetivo da cirurgia deve ser de dar estabilidade a articulação; =Mesmo que todo procedimento corra bem, esta é uma cirurgia de grande porte em uma articulação importante, então algumas conseqüências devem ser esperadas.

CLÍNICA ESPECIALIZADA EM ORTOPEDIA E TRAUMATOLOGIA

Sempre procure um bom profissional na hora de fazer sua cirurgia

Copyrights 2017 ® - Marcelo Garzella - Todos os direitos reservados Desenvolvido por